O que é Advertência Disciplinar?

A advertência disciplinar é uma medida tomada pelas empresas para corrigir comportamentos inadequados ou desvios de conduta por parte de seus colaboradores. Ela é uma forma de punição menos severa do que a suspensão ou a demissão, e tem como objetivo principal alertar o funcionário sobre o seu comportamento inadequado e orientá-lo a corrigi-lo.

Quando a advertência disciplinar é aplicada?

A advertência disciplinar é aplicada quando um colaborador comete uma infração ou viola as normas internas da empresa. Essas infrações podem variar desde atrasos constantes, faltas injustificadas, mau uso de recursos da empresa, até comportamentos agressivos, desrespeito aos colegas de trabalho ou assédio moral. É importante ressaltar que a advertência disciplinar deve ser aplicada de forma justa e imparcial, seguindo os procedimentos estabelecidos pela empresa.

Quais são os tipos de advertência disciplinar?

Existem diferentes tipos de advertência disciplinar, que podem variar de acordo com a gravidade da infração cometida pelo colaborador. Os principais tipos são:

1. Advertência verbal:

A advertência verbal é a forma mais branda de advertência disciplinar. Nesse caso, o gestor conversa com o colaborador, explicando o seu comportamento inadequado e orientando-o a corrigi-lo. Essa advertência não fica registrada no prontuário do funcionário, mas serve como um alerta para que ele não cometa novamente a mesma infração.

2. Advertência escrita:

A advertência escrita é mais formal do que a verbal e é registrada no prontuário do colaborador. Nesse caso, o gestor elabora um documento descrevendo a infração cometida, as consequências do comportamento inadequado e as medidas que devem ser tomadas para corrigi-lo. Esse documento é assinado pelo colaborador e pelo gestor, e uma cópia é arquivada no prontuário do funcionário.

3. Suspensão:

A suspensão é uma advertência disciplinar mais severa, aplicada quando o colaborador comete uma infração grave ou reincidente. Nesse caso, o funcionário é afastado temporariamente de suas atividades, sem receber salário, por um período determinado. A suspensão também fica registrada no prontuário do colaborador e pode resultar em demissão por justa causa, caso o comportamento inadequado persista.

4. Demissão por justa causa:

A demissão por justa causa é a medida mais drástica que uma empresa pode tomar em relação a um colaborador. Ela ocorre quando o funcionário comete uma infração grave, que fere os princípios éticos da empresa, e não há possibilidade de reabilitação. Nesse caso, o colaborador é demitido imediatamente, sem direito a aviso prévio, férias proporcionais ou indenização.

Como deve ser feita a aplicação da advertência disciplinar?

A aplicação da advertência disciplinar deve seguir alguns passos para garantir que seja justa e imparcial. Primeiramente, é importante que o gestor tenha provas concretas da infração cometida pelo colaborador, como registros de atrasos, testemunhas ou evidências documentais. Em seguida, o gestor deve convocar o colaborador para uma reunião, na qual será explicado o motivo da advertência e quais são as consequências do comportamento inadequado. É fundamental que essa conversa seja realizada em um ambiente reservado e que o colaborador tenha a oportunidade de se defender e apresentar sua versão dos fatos.

Quais são os direitos do colaborador após receber uma advertência disciplinar?

Após receber uma advertência disciplinar, o colaborador tem o direito de se defender e apresentar sua versão dos fatos. Ele também tem o direito de recorrer da advertência, caso considere que ela foi aplicada de forma injusta ou desproporcional. Nesse caso, o colaborador pode procurar o departamento de recursos humanos da empresa ou um sindicato para buscar orientações e apoio.

Qual é a importância da advertência disciplinar?

A advertência disciplinar é uma ferramenta importante para manter a ordem e a disciplina dentro das empresas. Ela serve como um alerta para os colaboradores sobre a importância de seguir as normas e os valores da empresa, além de orientá-los a corrigir comportamentos inadequados. Além disso, a advertência disciplinar também protege a empresa de possíveis processos trabalhistas, pois demonstra que medidas foram tomadas para corrigir o comportamento inadequado do colaborador.

Conclusão

Em suma, a advertência disciplinar é uma medida importante para corrigir comportamentos inadequados por parte dos colaboradores. Ela deve ser aplicada de forma justa e imparcial, seguindo os procedimentos estabelecidos pela empresa. Além disso, é fundamental que o colaborador tenha a oportunidade de se defender e apresentar sua versão dos fatos. A advertência disciplinar serve como um alerta para os colaboradores sobre a importância de seguir as normas e os valores da empresa, além de proteger a empresa de possíveis processos trabalhistas.

Sobre o Autor

Iniciar Conversa
1
FALE COMIGO!
Olá,
Este é o meu whatsapp.
Clique e fale comigo. Tire sua dúvida ou dê sua sugestão,