O que é Medida Protetiva?

Medida protetiva é uma ação legal tomada pelo sistema judiciário para proteger uma pessoa que está em situação de vulnerabilidade ou risco. Essa medida é aplicada em casos de violência doméstica, seja ela física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral, com o objetivo de garantir a integridade física e emocional da vítima.

Tipos de Medidas Protetivas

Existem diferentes tipos de medidas protetivas que podem ser aplicadas, de acordo com a gravidade da situação e a necessidade de proteção da vítima. Alguns exemplos dessas medidas são:

1. Medida Protetiva de Urgência

A medida protetiva de urgência é aquela que é aplicada imediatamente, sem a necessidade de uma análise mais aprofundada do caso. Ela tem como objetivo garantir a segurança da vítima e evitar que o agressor continue praticando atos de violência. Essa medida pode incluir o afastamento do agressor do lar, a proibição de aproximação da vítima, a suspensão da posse ou porte de armas, entre outras.

2. Medida Protetiva de Afastamento do Lar

A medida protetiva de afastamento do lar é aplicada quando a vítima e o agressor vivem juntos e a convivência se torna insustentável devido à violência. Nesse caso, o agressor é obrigado a deixar o domicílio, garantindo a segurança e a integridade da vítima.

3. Medida Protetiva de Proibição de Aproximação

A medida protetiva de proibição de aproximação é aplicada quando o agressor é proibido de se aproximar da vítima, de seus familiares e de locais frequentados por ela. Essa medida visa evitar que o agressor continue ameaçando ou praticando atos de violência contra a vítima.

4. Medida Protetiva de Suspensão da Posse ou Porte de Armas

A medida protetiva de suspensão da posse ou porte de armas é aplicada quando o agressor possui armas de fogo registradas em seu nome. Nesse caso, ele é obrigado a entregar as armas às autoridades competentes, garantindo a segurança da vítima.

5. Medida Protetiva de Afastamento do Trabalho

A medida protetiva de afastamento do trabalho é aplicada quando o agressor e a vítima trabalham no mesmo local. Nesse caso, o agressor é afastado do trabalho, garantindo a segurança e a integridade da vítima no ambiente profissional.

6. Medida Protetiva de Monitoramento Eletrônico

A medida protetiva de monitoramento eletrônico é aplicada quando o agressor é obrigado a usar uma tornozeleira eletrônica, que permite às autoridades monitorar seus movimentos. Essa medida visa garantir que o agressor não se aproxime da vítima, mesmo que ele tente descumprir a medida protetiva.

Conclusão

Em suma, as medidas protetivas são instrumentos legais que visam garantir a segurança e a proteção das vítimas de violência doméstica. Elas são aplicadas pelo sistema judiciário e têm como objetivo principal evitar que o agressor continue praticando atos de violência. É importante ressaltar que as medidas protetivas devem ser respeitadas tanto pela vítima quanto pelo agressor, e qualquer descumprimento pode acarretar em penalidades legais.

Sobre o Autor

Iniciar Conversa
1
FALE COMIGO!
Olá,
Este é o meu whatsapp.
Clique e fale comigo. Tire sua dúvida ou dê sua sugestão,